Canalização,  Pleiadianos

2021, TEMPO DE (RE)CONEXÃO


Querida alma,

Para este novo ciclo terreno que se inicia, compreenda a importância de ser você mesmo. Se há uma missão a ser cumprida, esta é SER quem você É. Não quem você acha ou supõe que seja.

Dia após dia, ciclo após ciclo, marco após marco, caminhe em direção a sua verdade, aos seus dons e talentos, a sua interiorização. Passo a passo, você (re)descobre um fragmento novo que deseja ser (re)integrado para que sua expressão chegue a um novo estágio. São etapas e camadas a serem (re)integradas e (re)vividas. E tudo isso deve ter um sabor especial, ser celebrado e honrado como a chegada de algo ou alguém que há muito tempo você aguarda. Esse algo é uma parte sua e esse alguém é você.

Em meditação e conexão, peça a seu Eu Superior, ao seu Mestre Interior, que apresentem a você o caminho. Pode ser que você não se sinta preparado para trilhá-lo, entretanto, sem dar o primeiro passo não é possível certificar-se e projetar nada. Então, dê o primeiro passo e ele o levará ao segundo, que o levará ao terceiro e assim sucessivamente.

Não espere que o novo ciclo de 2021 traga algo a você, pois é você através do seu desenvolvimento e sua evolução constantes que entregará as mudanças e as bênçãos necessárias para 2021 e todos os próximos ciclos que virão. Mas, não seja imediatista, siga com passos firmes e confiantes, sabendo que a transformação ocorre a todo momento e não em saltos milagrosos, afinal cada salto é a soma das ações de todos os momentos.

Esteja no presente, de corpo e de alma em tudo o que pensar, sentir ou realizar. Quanto mais presença, mais você integra a sabedoria do Universo.

Sua ascensão é algo que compete à você com auxílio da Espiritualidade amiga. É algo que já está escrito nas linhas do tempo da sua alma, porém depende do seu livre arbítrio, da sua vontade e compromisso. Para ascender, você precisa querer, pois nenhum irmão espiritual o fará por você. Somos apenas o apoio da missão, porém você é o protagonista.

Busque estar em paz. Em paz consigo não se cobrando ou culpando e em paz com o outro (este é reflexo da paz consigo próprio). A paz é uma consequência da compreensão de que tudo ocorre para o bem maior e da não visão dual da realidade. Ao parar de classificar o que acontece a sua volta como bom ou ruim, você acessa o ponto central da questão para sua compreensão. A observação é ferramenta rica, o julgamento não.

Respire conscientemente! Esteja em contato consciente com sua respiração. Você pode sentir um maior prazer e conexão com a vida através do simples ato de respirar. Permita-se então inspirar e expirar alegremente.

Estabeleça uma verdadeira conexão com a natureza e com Gaia. Nela há muitas chaves e códigos para agregar à sua caminhada. Não subestime o poder regenerador, curador e nutridor da natureza.

E por último, confie. Sem confiança, você nega a sabedoria suprema do Criador. Você não precisa se esforçar mais, você precisa confiar, criar menos expectativas e seguir (para dentro ou para fora conforme for sua necessidade).

Você é apoiado e abençoado! Aguardamos você do outro lado do véu.

Com amor,

Os Pleiadianos.

(esta mensagem foi canalizada em 29 de dezembro de 2020 por Rosana Kalil.)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *